COMO CORTAR A UNHA DO CACHORRO, GATO E OUTROS PETS? QUAL A IMPORTÂNCIA E QUAIS SÃO OS PERIGOS?

Tem dificuldade em cortar a unha do seu animal? Então fique com a gente que vamos ter ajudar nessa!
Manter as unhas de um Pet em perfeitas condições é muito importante para evitar lesões nas patas e dar saúde e longevidade para eles. Para isso, nós temos que saber os perigos, como cortar e adquirir os produtos certos. Mas quais são os produtos, utensílios e como podemos cortar as unhas sem machucá-los? Quais são os perigos do corte errado? Nesse artigo, nós iremos abordar tudo isso passo a passo para você fazer da maneira correta e não machucar seu amigo de quatro patas.


1) Por que é importante cortar as unhas do seu cachorro, gato e outros pets domésticos e exóticos?

Assim como nós, humanos, as unhas dos pets também crescem continuamente. Normalmente os animais, principalmente os cachorros, desgastam as unhas naturalmente nos passeios e caminhadas, mas isso nem sempre acontece. Por isso, devemos olhar as unhas deles periodicamente para ver se não estão muito compridas ou causando desconfortos.
A periodicidade da realização desse procedimento vai depender do modo como os animais vivem. Os que ficam em quintais de pisos rústicos e/ou que passeiam bastante possuem um desgaste natural das unhas, proporcionado pelo atrito com o solo, portanto, o corte é realizado apenas quando necessário. Em animais que vivem dentro de casa, andam em piso liso, assim como naqueles que já se encontram mais sedentários devido à idade avançada, é indispensável a realização do corte de unhas com uma frequência maior. Os sedentários, como citado acima, já possuem perda natural do equilíbrio. O não corte de unha nesses animais irá ocasionar maior desequilíbrio e possíveis acidentes.
O corte de unha ajuda muito os pets idosos a terem maior qualidade de vida.
Os gatos possuem a habilidade de retrair as unhas por possuir ligamento elástico. Essa particularidade é importante para sua defesa, auxilia na caça e faz com que o desgaste natural provocado pelo atrito não ocorra.
Particularidade da unha dos felinos: retração e exposição.
O arranhar do gato é o jeito que eles gastam suas unhas nas famosas “arranhadas” nos móveis e troncos de árvores. Esse hábito do felino muitas vezes pode ser suficiente no controle dos desgastes das unhas. Porém, o que temos visto ultimamente, principalmente nos gatos que vivem em apartamentos e têm somente os móveis para gastar a unhas, é que esse desgaste não é suficiente. Assim, eles devem ter as unhas cortadas para evitar maiores estragos e outras vezes por que essas superfícies normalmente mais lisas não fazem o trabalho adequadamente, diferente dos gatos que tem acesso a jardins e troncos de árvores.
Gato utilizando árvore como arranhador: Jeito eficaz que gatos da rua e que vivem em quintais com jardim fazem para desgastar as unhas. Porém, deve-se tomar cuidado, pois quando a unha do gato penetra no tronco da árvore pode-se inocular alguns parasitas. Um deles é o fungo que causa a esporotricose. Este, por sua vez, pode ser transmitido aos humanos.
Outro motivo para cortar as unhas dos gatos é evitar alguns acidentes por arranhaduras, principalmente quando vamos medicá-los, dar banho ou simplesmente pegá-los no colo.

Quando as garras crescem de modo exagerado, os pets não conseguem andar corretamente. Adotam posturas estranhas e inadequadas e podem desenvolver sérios problemas de saúde, principalmente alterações ósseas e de postura, como: torções, deformidade postural, quedas por escorregões (perdem o contato das almofadinhas com o chão), desgastes ósseos e problemas ortopédicos devido à má postura, problemas nos dedos e até mesmo a unha entrar dentro da pele e furar a mesma (acontece muito no quinto dedo do pet, que é o “dedo flutuante" (dedão)), o que pode causar dor e infecção.
Quinto dedo ("dedão") ou "dedo flutuante" de um cão saudável. Quando essa garra cresce, ela se curva e perfura a pele podendo causar infecções 
Unhas compridas também podem lascar e quebrar. Desse modo, podemos concluir que cortar a unha dos pets não é apenas um ato de estética e sim de saúde.


2) Quantas vezes as unhas devem ser cortadas?

As unhas não devem exceder as almofadinhas (no caso de cachorro e gato). Quando isso acontecer é hora de cortá-las. Em se tratando de pets não convencionais, as mesmas devem ser cortadas quando ocorrem entortamento. Além disso, como dito anteriormente, a frequência depende dos hábitos e ambiente em que o animal vive.


3) O que é preciso de materiais para cortar a unha de pets?

Para conseguir cortar as unhas sem machucar o animal é essencial ter os utensílios corretos: Alicate ou tesoura guilhotina, lixa e pó hemostático (para conter hemorragias de unha caso o corte seja mais que o necessário). É importante dizer que existem vários tamanhos de equipamentos para cada porte e tipo de unha. Por esse motivo, é bom adquirir o que melhor se adapta ao seu pet.
Kit corte de unha: 1-Pó Hemostático, 2-Tesoura Guilhotina, 3-Alicate, 4-Lixa e 5-Petisco preferido do seu Pet,


4) Qual o passo a passo para cortar a unha de cães, gatos e outros pets?

4.1) Características das unhas:

Tecido vivo identificacado na unha: caso o mesmo seja cortado, irá ocorrer o sangramento da unha e causar dor no animal. Quando a unha do pet é branca, o tecido vivo fica rosa, sendo de fácil identificação e, consequentemente, facilitando o corte.
Dentro da unha está o tecido vivo que nós nunca devemos cortar, uma vez que causaria muita dor e sangramento. Olhando bem as unhas você consegue, caso a mesma não seja preta, ver uma linha cor de rosa que acaba na pontinha da unha. Este, então, será o limite máximo do corte e, animais de unha preta, que não conseguimos ver o tecido, é preferível deixa-lo em pé e cortar as unhas ao nível do chão.

4.2) Passo a passo:

Evite cortar a unha quando seu animal estiver nervoso, muito ativo ou estressado. Sempre opte por cortá-la quando o mesmo estiver calmo. Durante o processo de corte de unha utilize palavras de encorajamento e carinho. Se perceber que no meio do processo de corte ele esteja cansado ou nervoso, pare e continue em outro momento. Seja paciente e positivo. Caso o animal tenha muitos pelos em redor da unha, apare-o para facilitar seu trabalho.

4.2.1) Familiarização:

Faça do processo de corte de unha um momento de prazer pro animal e não de tortura.

Primeiro faça com que o animal se familiarize com a tesoura ou alicate. Mostre a mesma para ele e faça estímulos sonoros positivos. Deixe-o cheirá-la e recompense-o com petisco. Faça isso por alguns dias. (Aprenda a escolher o melhor petisco para seu pet clicando aqui)
Feromônios sintéticos podem ajudar.
Caso seu pet seja filhote, inicie isso imediatamente, pois a melhor hora de aprendizado é essa.

4.2.2) Ambiente:

Crie um ambiente descontraído e acostume seu animal a ser tocado e manipulado, principalmente nas patinhas e pernas, que são os locais onde o alicate ou tesoura irão atuar. Faça isso regularmente para ele se acostumar com os toque na unha.

4.2.3) Cortando a unha:

Peça ajuda para alguém. Uma pessoa deve segurar o corpo e a outra focar no corte. Segure uma das patas, examine os dedos e localize o tecido vivo das unhas, citado anteriormente, para saber até onde você deve cortar. Utilize a tesoura para fazer um corte rápido e seguro, pois caso demore muito o animal pode ficar nervoso e tentar fugir. Repita todo o procedimento com as outras unhas. Lembrando que o corte deve ser feito reto.
Corte a unha antes do tecido vivo e em uma angulação de 45º em relação ao chão.

4.2.4) Unhas pretas:

Você pode utilizar a lixa, caso não consiga cortar com o alicate ou tesoura.
Unha preta e sua particulaidade e dificuldade: não conseguimos ter referência do tecido vivo (área rosa). 

4.2.5) Cortando mais que o necessário:
O corte maior que o necessário seria quando atingimos o tecido vivo com a tesoura ou o alicate.Caso isso aconteça, mantenha a calma e contenha essa hemorragia com o pó especifico hemostático e acalme também o pet.

4.2.6) Recompensa:
Após todo esse processo dê um petisco pro animalzinho. Desse modo, ele irá associar o corte de unha com uma recompensa e ficará mais tranquilo durante o processo.

A melhor maneira de condicionar e agradar o pet é dando petisco que ele mais gosta. Associe o corte de unha a algo prazeroso. Antes e depois do processo dê uma guloseima ao seu amigo. 


 5) O que fazer se mesmo com todas essas instruções eu ainda continuar com medo de cortar a unha do meu Pet?

Se mesmo com todas essas dicas você não estiver seguro para realizar o corte de unhas ou mesmo seu animal não o deixa manipular facilmente, nós aconselhamos utilizar a lixa para Pets ou pedir ajuda a um profissional: veterinário ou tosador de sua confiança.
Lembrando que unhas da cor preta são mais difíceis de cortar e, muitas vezes, esses profissionais também poderão te ajudar.


Utilizando a lixa, o corte é feito por desgaste (atrito) da unha e você a deixa no comprimento que preferir. Mesmo utilizando esse utensílio devemos tomar cuidado com os vasos sanguíneos que passam por dentro da unha.
A lixa para pets proporciona maior segurança no corte de unha. Neste caso, o corte é feito por desgaste (atrito) da lixa na unha. Além de cortar, ela proporciona maior alinhamento e não deixa lascas ou pontas de unha..


E aí? Gostou do artigo? Comenta aqui embaixo o que você achou e compartilhe com seu a amigo amante de pets e que também tem dificuldade de cortar unha deles.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Coronavírus (COVID-19) positivo em cachorros e gatos. O que dizer sobre isso?

PULGAS E CARRAPATOS EM CACHORROS E GATOS. TUDO QUE VOCÊ TEM QUE SABER E FAZER PARA ACABAR COM ELAS!

COMO ESCOLHER A MELHOR RAÇÃO PRO MEU CACHORRO OU PRO MEU GATO?